Dia de vitórias para a Armada Lusa no Pantin Classic

publicado há 9 meses por 0

PANTIN-CLASSIC-2016-DIA-4-2

O mar voltou a baixar Pantin no Classic Galicia Pro mas isso não impediu os surfistas portugueses de “vingarem” as derrotas do dia anterior.

Tudo começou com Miguel Blanco a vencer o seu heat do round 2 graças a uma última onda fortíssima. Miguel já contava com uma nota forte, 6.5, e tinha um back up de 4.23. Mas foi o seu 7.4, a fechar a bateria que lhe garantiu a vitória e deixou Dimitri Ouvre em segundo, Tanner Gudauskas em terceiro e Hizunome Bettero em quarto lugar.

Poucas horas depois seria a vez de Nicolau Von Rupp mostrar o que vale ao vencer um dos heats mais disputados do dia. Nic apostou no backside para fazer algumas notas de 4 pontos, o que lhe deu o segundo lugar atrás de Carlos Munoz durante algum tempo. Entretanto o vencedor desta prova no ano passado, Thiago Camarão, começou a fazer aéreos em ondas de apenas uma secção e roubou o segundo lugar. Perto do fim Von Rupp apanhou duas direitas de seguida e conseguiu surfar com mais agressividade, recebendo assim notas de 7.5 e 6.03 para deixar Munoz em 2º, Camarão em 3º e Hiroto Ohhara em 4º.

Com o fim do round 2 a prova passou para a categoria feminina. Teresa Bonvalot estava no primeiro heat deste round 3 contra Dimity Stoyle, uma surfista que já esteve no Championship Tour dois anos, e Mahina Maeda, que é ex-campeã e actual vice-campeã mundial júnior da WSL. Bonvalot abriu bem o heat, com uma direita com dois snaps fortes e um reentry, recebendo assim a melhor nota do heat (8 pontos). Entretanto ficou muito tempo à espera de uma onda de back up e Stoyle acabou por roubar o primeiro lugar enquanto que Mahina ainda ameaçou atacar o segundo lugar de Teresa, mas ficou a precisar de uma nota de 5.84 e foi eliminada.

Também Carol Henrique teve sucesso num heat muito concorrido com Tessa Thyssen e Georgia Fish. Tessa foi mais consistente e venceu a bateria mas Carol conseguiu um sólido segundo lugar.

Seguiram-se os oitavos de final man-on-man e as surfistas portugueses estavam em heats consecutivos. Teresa Bonvalot tinha como adversária a sua companheira de equipa na Billabong, Alessa Quizon, que começou com uma direita com algumas batidas de backside. Teresa fez o mesmo mas as manobras foram muito mais fortes e fluídas, o que lhe garantiu logo uma nota forte, 7.33 pontos. Com a segunda onda Alessa passou para a frente, deixando Bonvalot a precisar de apenas 0.41 para voltar à liderança. A portuguesa apostou em esperar por uma onda boa, o que quase lhe custou o heat. O tempo foi passando e só a 5 segundo do fim Teresa apanhou uma onda e foi na espuma. Mas como precisava de pouco e foi fazendo subidas na espuma conseguiu a nota com 1.5 pontos de sobra.

Carol Henrique fez a melhor onda do seu confronto com Sage Erickson, outra surfista do Championship Tour em prova, começando com uma nota de 6.33 numa longa esquerda que poderá até ter um sido um pouco “underscored” pelos juízes. Erickson passou para a frente com um par de 5s altos, deixando Henrique a precisar de apenas 5 pontos. Infelizmente Carol não conseguiu apanhar outra onda com potencial e acabou eliminada.

Acompanha esta prova em directo AQUI!

Heats com portugueses
Round de 48
Heat 5 | Luke Hynd x Frederico Morais x Tomas Hermes x Willian Cardoso
Heat 9 | Deivid Silva x Miguel Blanco x Ethan Ewing x Nelson Cloarec
Heat 12 |
Ian Gouveia x Noe Mar McGonagle x Nicolau Von Rupp x Jeremy Flores

Prova Feminina
Quartos de final
Heat 1 |
Keely Andrew x Teresa Bonvalot

Comentários