Com a “promessa” de ondas melhores e melhores nos próximos dias foi com a prova feminina que o Allianz ASP World Junior Championship começou. Para ajudar na decisão alguns dos competidores da prova masculina ainda estavam de regresso de uma etapa 6 estrelas do WQS, o que adiou definitivamente o arranque dessa categoria.

No entanto as ondas estavam provavelmente melhores do que se podia esperar, com um metro, sets maiores, e pouco vento. A prova começo logo pelas 8 horas, numa bateria em que se incluía Carina Duarte. Com a ausência de Miluska Tello a bateria acabou por ser um confronto a dois, contra Chelsea Tuach, dos Barbados. Era um heat acessível para a local de Ribeira D’Ilhas mas desta vez o conhecimento local não jogou a seu favor.

Carina esteve muito tempo no outside enquanto Chelsea, que teve mais ritmo no início, “fugiu” com a liderança. No fim da bateria Carina finalmente encontrou uma onda com potencial surfando-a quase até ao fim. Caso tivesse acertado a última manobra poderia ter tido a nota de 8 que precisava, caindo para a repescagem por muito pouco.

Dois heats depois entrava Teresa Bonvalot e a estreia também não era a melhor. A australiana Keely Andrew vinha de um segundo lugar no WQS de 5 estrelas no Brasil e mostrou um surf superior às suas adversárias, vencendo com facilidade mesmo tendo caído em algumas ondas.

Ainda nesta primeira fase o destaque vai para Bronte Macaulay, filha do ex-top 5 do WCT Dave Macaulay. De backside nas direitas de Ribeira Bronte mostrou um approach raramente visto no surf feminino, surfando com mais velocidade e “power” que qualquer outra surfista neste dia.

Ao fim de alguns heats o vento off-shore parou, tornando as condições ainda mais perfeitas. Também a maré encheu um pouco, o que ajudou em muito as condições. As duas portuguesas estavam em dois heats seguidos e mais uma vez Carina Duarte foi a primeira a entrar. Enquanto que Emma Smith começou bem o heat, com algumas manobras no outside mas sem grande expressão, Carina demorou a “aquecer os motores”. Mas a sua superioridade era visível e quando apanhou uma das melhores ondas do heat e deu vários snaps fortíssimos garantiu uma nota alta (7.33) e a liderança. Pouco depois conseguiu uma onda de back up e deixou Emma a precisar de uma nota de 7.01 até ao fim, garantindo assim a sua presença no round seguinte.

Teresa Bonvalot tinha pela frente uma adversário teoricamente ainda mais difícil, a vice-campeã europeia Pro Junior, Kim Veteau. A surfista da Ilha de Guadalupe foi bastante mais activa na bateria mas quando Bonvalot “acertou”, colocou-se numa boa posição. Também de backside Bonvalot deu vários snaps fortes e acabou a onda com um bom floater no inside para receber a nota de 8.33. Veteau ainda atacou a liderança mas Teresa continuou a melhorar as suas notas e também saiu vencedora.

Seguiu-se o round 3, uma fase não eliminatória. Enquanto que Bronte Macaulay manteve com favorita ao título, vencendo mais uma bateria, as portuguesas encontraram algumas dificuldades.

Carina Duarte competiu com Keely Andrew, que venceu a bateria, e Bailey Nagy, que acabou em terceiro, “passando” assim para a repescagem. Teresa também não conseguiu repetir o surf que mostrou na fase anterior mas, mesmo assim, esteve a liderar a bateria até poucos segundos do fim. Mas a havaiana, Mahina Maeda, conseguiu descobrir a onda salvadora e precisando de 4.57 recebeu 6.67. garantindo uma vaga nos quartos de final.

Quanto a Bonvalot e Duarte, terão ainda uma oportunidade cada de chegar a essa fase, caso passem as suas baterias do round 4. O Allianz ASP World Junior Championship regressa amanhã, acompanha o call a partir das 6.30 da manhã AQUI.

Heats com surfistas portugueses
Prova Feminina
Round 4
Heat 2 | Carina Duarte x Tessa Thyssen
Heat 4 | Teresa Bonvalot x Meah Collins
Prova Masculina
Round 1
Heat 2 | Miguel Tudela x Soli Bailey x João Kopke
Heat 7 | Tomás Fernandes x Hiroto Ohara x Mathew McGillirvray
Heat 10 | Vasco Ribeiro x Slade Prestwich x Matheus Navarro
Heat 11 | Hiroto Harai x Miguel Blanco x Joshe Faulkner

Comentários

Os comentários estão fechados.