As ondas baixaram no terceiro dia do EDP Billabong Pro Ericeira, mas Ribeira D’Ilhas proporciona sempre um bom espectáculo, menos com menos ondulação e mais vento.

O dia começou com os últimos heats do round 2, que teve como destaque o domínio da dupla brasileira João Chianca e Thiago Camarão, que eliminaram dois surfistas high profile em Barron Mamiya e Jack Robinson.

Já no round 3 Cooper Chapman, um surfista que se encontra sem patrocínios, sendo obrigados a trabalhar entre provas para voltar ao tour, depois de ter eliminado Vasco Ribeiro por muito pouco no round 2, venceu a primeira bateria da fase, deixando dois grandes talentos do seu país, Ethan Ewing, Matt Banting e aindaa Jordan Lawler, a luta pela segunda vaga, que ficou com Ewing. As três baterias seguintes foram dominadas por goofies, com Jacob Willcox, Joan Duru e Miguel Pupo a vencerem as suas baterias.

A maré começou a encher e, apesar de ainda haver ondas com alguma qualidade, a prova foi dada por terminada pelo dia, deixando os restantes competidores do round 3 a aguardar pelo call de amanhã. Frederico Morais tinha como adversários Chris Zaffis, Keanu Asing e Peterson Crisanto no heat 7 do round 3, que será a segunda bateria do próximo dia de prova.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!
Comentários