O dia 3 do EuroSurf 2019 foi longo e “perigoso” para muitas equipas, que começaram a sofrer as primeiras derrotas.

Foi um dia de descanso para as categorias de longboard enquanto que os competidores na de shortboard tiveram que “trabalhar” muito. Um dos destaques do dia foi claramente Carolina Santos. A surfista das Caldas da Rainha tinha perdido logo no segundo round do main event mas nas repescagens provou que é uma das melhores em prova. Com uma vitória dominante no round 2 da repescagem, e um segundo lugar no round 3, Carolina encontrou-se com outra portuguesa que surgia no evento como uma das grandes favoritas à vitória, Mafalda Lopes. Foi Santos quem abriu melhor o heat, com notas de 4.5 e 7.75, o que acabaria por ser suficiente para vencer a bateria. A batalha pelo segundo lugar ficou com Garazi Sanchez enquanto que Mafalda não conseguiu apanhar qualquer onda que oferecesse potencial de pontuação, acabando assim eliminada contra todas as expectativas.

Ainda no main event, Francisca Veselko fez mais um heat muito forte para passar em segundo no round 3, derrotando Garazi Sanchez e Lucia Martiño. Infelizmente na fase seguinte era derrotada por duas norte-americanas que competem pela Alemanha, Rachel Presti e Frankie Harrer. As suas próximas adversárias, na repescagem, serão Carolina Santos, que entretanto venceu mais uma bateria, e Garazi Sanchez.

Entre os homens, no round 2 do main event, Pedro Henrique passou a sua bateria em segundo lugar enquanto que Eduardo Fernandes venceu de novo. Já Pedro Coelho acabou por perder, por muito pouco, e teve que ficar a defender a sua posição também na repescagem. Coelho redimiu-se com uma vitória no round 2 da repescagem, enquanto que os outros competidores se mantiveram na fase principal da prova.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Comentários