O circuito inter-sócios de Peniche, o Rip Curl Peniche 2013, já arrancou, e a primeira etapa aconteceu com condições quase tempestuosas. Mas Peniche é a terra onde há sempre um lugar com ondas de qualidade e isso garantiu que o evento pudesse acontecer.

No primeiro dia, Sábado dia 8 de Junho, Supertubos foi o palco para os locais de Peniche (e não só) disputarem os primeiros heats em ondas difíceis até um metro. E logo neste dia o destaque foi para o surfista que acabaria por vencer, Dane Hall.

O mar desceu bastante no Domingo e Supertubos deixou de funcionar, por isso a organização entrou em modo “Go Search” e foi até ao famoso Pico da Mota, sem dúvida uma das melhores alternativas à falta de swell.

Dane Hall voltou a destacar-se de todos os outros e só parou mesmo quando garantiu o primeiro lugar, sagrando-se assim o vencedor da categoria Open. De notar que Hall venceu com uma interferência episódio esse que não foi o suficiente para impedir o goofy de vencer (por quatro décimas). Em segundo lugar ficou Dionísio Rosário, e Duarte Baltazar e Nuno Silva acabaram em terceiro e quarto lugares.

No Sub 15, Duarte Baltazar venceu, deixando João Galeão, António Henriques e Tomás Farinha em segundo, terceiro e quarto lugares. Enquanto isso, Beatriz Almeida vencia o feminino, e Jana Brockaus, Teresa Ayala e Mónica Santos ficavam em segundo, terceiro e quarto lugares.

Uma grande novidade é que os dois melhores atletas não ranqueados na Liga MOCHE terão acesso, através do PPSC – Peniche Surf Clube (o organizador do Rip Curl Peniche 2013) – a dois wildcards disponibilizados pela ANS para a quarta etapa do mais importante circuito nacional e que acontece em Peniche já de 28 a 30 de Junho.

Podes saber mais sobre o circuito de Peniche aqui!

Comentários

Os comentários estão fechados.