O circuito de qualificação de 2017 ainda não chegou ao fim mas o Championship Tour da WSL de 2018 já tem alguns nomes novos confirmados. Fica a conhecer os novos surfistas do mais importante circuito de surf do mundo!

Nome: Tomas Hermes
Idade: 30
Local: Santa Catarina, Brasil
Patrocínios: Vans, Xanadu Surfboards

Resultados em 2017: 2º lugar Vans US Open of Surfing (QS 10.000), 5º lugar Hawaiian Pro (QS 10.000), 9º lugar EDP Billabong Pro Cascais (QS 10.000), 17º Ballito Pro (QS 10.000), 3º lugar Hang Loose São Sebastião Pro (QS 3.000)

Mais um batalhador que finalmente foi compensado com uma vaga no dream tour, depois de quase 10 anos na “guerra” do circuito QS. Várias vezes Tomas chegou perto, tendo acabado no top20 em 2014 e 2016, mas este ano tirou os resultados que precisava nas provas mais importantes para entrar no CT aos 30 anos. Hermes não faz parte da geração que fez a famosa brazilian storm mas, tal como os seus conterrâneos, também tem algo a acrescentar.

Um estilo bonito e manobras radicais são o seu bread & butter e será interessante de acompanhar a sua prestação em point breaks de direita. Será que os seus carves se equiparam aos dos outros competidores do CT? Esta é uma pergunta que só será respondida “em andamento”? O seu backside é bastante sólido mas o facto de a prova de Fiji ter sido substituída Keramas poderá jogar a seu favor e ainda há Jeffreys Bay, umas das etapas em que mais se poderá destacar.

O que se deve esperar em 2018?

Hermes mostra potencial de ficar no CT alguns anos mas o seu primeiro deverá ser o mais difícil. Depois de tantos anos a viajar, Tomas conhece bem várias localizações mas deve usar o QS como “seguro de vida” enquanto se estiver a adaptar à nova realidade.

Probabilidade de ficar nos 22 primeiros do ranking de 2018: média

Comentários