Courtney Conlogue vence Rip Curl Women’s Pro Bells Beach

publicado há 2 meses por 0

COURTNEY-CONLOGUE-VENCE-O-RIP-CURL-PRO-BELLS-BEACH

O dia 6 do Rip Curl Pro Bells Beach foi dedicado apenas a terminar o round 3, que tinha ficado no heat 7 de 12. Em ondas de metro e meio em Bells, a prova não poderia ter começado da melhor maneira.

Na primeira onda do primeiro heat Filipe Toledo continuou o ritmo alucinante que tinha imposto na sua bateria da primeira fase. Em vez de começar devagar, como um surfista normal, “Filipinho” deu tudo na primeira onda, incluindo alguns carves e um aéreo full rotation, recebendo a que seria, com justiça, a melhor média do dia. Adrian Buchan respondeu como pôde mas, com este tipo de ataque, o que este surfista tinha para contra-atacar não chegava e a grande glória que leva deste heat é o facto de não ter acabado combinado.

Seguiram-se Adriano de Souza e Jeremy Flores, dois surfistas da mesma idade e que entraram praticamente juntos para o Championship Tour em 2006 e 2007. Na altura o francês teve uma estreia melhor mas o brasileiro recuperou bem e neste heat mostrou bem que é o melhor surfista dos dois. Adriano já venceu aqui e as suas curvas estavam um pouco melhores, tal como a sua escolha de ondas, e venceu bem o heat. Entretanto Wiggolly Dantas parece finalmente ter superado o seu “bloqueio” e com os snaps de backside mais poderosos do tour derrotou o campeão em título desta etapa, Matt Wilkinson. Para terminar a fase dois veteranos, Joel Parkinson e Jordy Smith, despacharam dois rookies, Connor O’Leary e Joan Duru.

A prova ficou por aí mas entretanto arrancou o Rip Curl Women’s Pro Bells Beach. As ondas subiram um pouco mas ao longo do dia o vento começou a ser um factor. Um dos grandes heats do dia foi o primeiro, que defrontava Carissa Moore e Courtney Conlogue. As duas já disputaram títulos mundiais, tendo Moore acabado sempre na frente. Mas esta bateria começou do zero e Conlogue conseguiu responder a um arranque épico de Carissa, acabando por vencer.

A partir daí todo o momentum parecia estar do seu lado, tendo virado a meia final no fim contra Tyler Wright, outra surfista que já lhe “roubou” um título mundial, e fez o mesmo na final contra Stephanie Gilmore. Steph não conseguiu parar Courtney mas ficou com uma boa liderança do tour, sendo seguida por Sally Fitzgibbons e Tyler Wright.

Comentários