As ondas melhoraram muito para o segundo dia do Azores Airlines World Masters Championship e as lendas do surf mostraram finalmente que continuam em grande forma.

Na categoria feminina o grande destaque do dia foi Frieda Zamba, que apostou numa direita com potencial e com várias rasgadas muito fortes e um pequeno aéreo (não completado) conseguiu uma nota de 9 pontos. Também Layne Beachley, Pauline Menczer e Rochelle Ballard surfaram muito e garantiram, juntamente com Frieda, vagas nas meias finais.

A categoria Grand Masters teve diversos momentos altos, mas o grande destaque do dia acabou por ser o confronto entre Glen Winton e o campeão em título do evento, Iain Buchanan. Glenn, também conhecido por “Mr. X”, estava em combinação até apanhar uma boa esquerda em que fez um tubo, um carve, um snap layback e um reentry para garantir uma nota de 9.27. Minutos depois Winton ainda precisava de uma nota forte e tratou de mostrar a sua competitividade, espremendo outra esquerda para garantir o primeiro lugar no heat. À saída o australiano parecia um grom, feliz com a sua prestação, mostrando inclusive muita emoção pois faz tenções de vencer a prova e dedicá-la à sua falecida mãe.

Ainda nos mais idosos, Mike Ho parece ter encontrado a fonte da juventude e também surfou com um grom, vencendo a sua bateria com notas altas, tal como o 3x vice-campeão mundial, Cheyne Horan. Ainda se realizaram 3 heats de Masters onde nomes como Dave Macaulay, Sunny Garcia, Shane Beschen, Fábio Gouveia e Damien Hardman fizeram o melhor surf da prova até agora. O “nosso” João Alexandre “Dapin” compete novamente no próximo dia de prova, onde terá como adversário Sunny Garcia e, caso a prova chegue aí, Luke Egan.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

 

Comentários