Começo quase perfeito para armada portuguesa no WQS de Lacanau

publicado há 1 ano por 0

Vasco Ribeiro não deu hipóteses aos seus adversários no round 1. Photo by WSL | Masurel
Vasco Ribeiro não deu hipóteses aos seus adversários no round 1. Photo by WSL | Masurel

Começou esta manhã o Sooruz Lacanau Pro, WQS 3000 e que conta com uma forte presença nacional!  Muitos dos portugueses presentes já estava em águas francesas pois estiveram a competir no Pro Junior nesta mesma praia, evento que terminou ontem com um brilhante segundo lugar de Camilla Kemp no feminino. Já no masculino, os juniores portugueses não conseguiram os lugares do pódio sendo Kopke o melhor classificado. Mas os juniores poderão agora vingar-se e num patamar mais alto, o árduo WQS.

Aos júniores juntaram-se vários outros nacionais, como João Guedes, Vasco Ribeiro, Eduardo Fernandes, José Ferreira e Pedro Henrique, e é esta a armada nacional que procurará a importante vitória neste que é o primeiro WQS de peso na velha Europa.

O primeiro dia começou com ondas de meio metrinho e vento off-shore mas com condições bastante dificeís devido ao tamanho das ondas. Logo no segundo heat do dia tivemos a primeira presença nacional, o júnior Pedro Coelho. Coelho apostou nas direitas e no seu preciso e vertical backside attack para encaixar várias manobras de lip e garantir a passagem para o round seguinte em primeiro com uma média de 12.50.

Depois entrou Miguel Blanco e a transmissão em directo começou a atrofiar. Entre vários refresh deu para ver que Blanco está com o surf no pé, garantindo uma vitória fácil e a segunda melhor média do dia.

No heat 3 tínhamos dois portugueses, João Guedes e o júnior Guilherme Fonseca. Fonseca já estava familiarizado com o pico e por isso acabou por apanhar as melhores ondas mostrando o seu surf e garantindo o primeiro lugar no heat. Já Guedes batalhou por décimas pelo segundo lugar mas acabou por não consegui-lo, sendo a primeira (e única) baixa deste dia um.

Entrou depois o campeão mundial júnior, o português Vasco Ribeiro! O português tem seeding para entrar uma fase mais à frente mas por alguma razão estava neste primeiro round (geralmente acontece quando um surfista não se inscreve a tempo). Mas isto até poderá resultar a seu favor pois Ribeiro é daqueles surfistas que gosta de fazer vários heats para ir aumentando o seu pico de forma e confiança! E começou o heat de uma forma muito sólida com um 6.17 ao qual juntou um 7.5 no fim e garantiu o primeiro lugar.

Restava um português em prova, Tomás Ferreira, no último heat do round 1 e que viria a ser o último deste primeiro (e curto) dia de competição. O heat foi renhido mas o surfista do norte conseguiu a vitória e um lugar no round 2.

O Sooruz Lacanau Pro deverá voltar amanhã e podes assistir a tudo ao vivo AQUI (e esperamos que transmissão já esteja mais sólida)! Os heats com os portugueses são os seguintes:

Round 2
Heat 3: Jorgann Couzinet x Liam Mortensen x Anthony Fillingim x Pedro Coelho
Heat 5: Eala Stewart x Angelo Bonomelli x Tomas Lopez Moreno x Miguel Blanco
Heat 7: Max Longhurst x Reuben Ash x David Watkins x Guilherme Fonseca
Heat 9: Jackson Baker x Eduardo Fernandes x O’Neill Massin x Vasco Ribeiro
Heat 12: Caiden Fowler x Julen Egiguren x Jácome Correia x Aldric God
Heat 15: Riley Laing x Dean Bowen x João Kopke x Tomás Ferreira
Heat 16: Alonso Correa x Elliot Paerata-Reid x Luís Perloiro x Francisco Usuna

Round 3
Heat 14: Tomás Fernandes x Gatien Delehaye x TBD x TBD

Round 4
Heat 10: José Ferreira x Pedro Henrique x TBD x TBD

 

Comentários