Depois de 4 lay days e 3 dias de acção o ABANCA Pantin Classic Galicia Pro chegou ao fim, com cores nacionais nas fases finais.

Para este último estava ainda 4 surfistas portugueses em prova, Henrique Pyrrait e Pedro Henrique no round de 16 masculino e Mafalda Lopes e Carolina Mendes nos quartos de final man-on-man femininos. Em ondas que não passavam o meio metro, Pyrrait acabou eliminado pelo eventual vencedor do evento, Adur Amatriain, e pelo vencedor da etapa da Caparica, Ruben Vitoria, perdendo juntamente com o conhecido surfista da Ilha de Guadalupe, Charly Martin.

Por sua vez Pedro Henrique passou para a fase seguinte num heat muito competitivo, vencido por Kauli Vaast, garantindo o segundo lugar através da melhor nota do heat, eliminando Gaspard Larsonneur e Vicente Romero. “Pedrinho” acabou eliminado por muito pouco por Joan Duru, apesar de ter feito a melhor onda do heat, acabando num sólido 5º lugar. A categoria masculina seria vencida pelo basco Adur Amatriain, de apenas 17 anos, que assim garantiu a sua primeira vitória nesta que foi apenas a sua quinta participação numa prova QS.

Na prova feminina Mafalda Lopes terminou bem o seu heat, com uma onda muito forte, mas faltou-lhe outra onda forte para bater Ariane Ochoa, sendo eliminada mas terminando num bom 5º lugar. Já Carolina Mendes começou com uma vitória sobre uma das grandes favoritas à vitoria Pauline Ado, uma derrota que acabou por custar à francesa o título Europeu, que acabou nas mãos de Leticia Canales Bilbao. Carolina bateu na fase seguinte Garazi Sanchez-Ortun, e Melania Suarez Diaz na final, para se sagrar campeã do evento, sendo neste momento a única portuguesa com duas vitórias no circuito QS.

 

 

Comentários