O Miss Activo Cup “ameaçava” desde a sua inclusão no calendário do circuito nacional ser uma etapa com grande peso na disputa do título feminino. Com as candidatas ao título a “afunilar” e uma forte adversária, Teresa Bonvalot, do outro lado do oceano a disputar outro tipo de circuitos, o desfecho desta disputa começava a ser previsível.

Carol Henrique mostrava.se em grande forma e foi vencendo heat após heat sem dificuldades, encontrando-se na final contra a jovem Mariana Garcia. Para trás ficava outra forte candidata, Camilla Kemp, que está a ter um ano “quente e frio”, e foi eliminada logo no round 2.

Na final Carol voltou a dominar, vencendo a sua terceira etapa do ano e sagrando-se campeã nacional pelo segundo ano consecutivo. “Estou muito feliz por me sagrar bicampeã nacional! Era um objetivo mas, na verdade, não sabia que o podia conseguir já nesta etapa de Ílhavo. Este título estava nos meus objectivos para 2017 e fico muito feliz por o concretizar. Vem num óptimo momento. As ondas aqui estiveram boas, com tamanho, o meu treinador ajudou-me bastante e quero dar os parabéns à Mariana, que surfou muito bem. Estou muito feliz!” afirmou.

A etapa acabou por não mexer na primeira posição do ranking, mas mudou o top5. Camilla Kemp subiu à segunda posição, com 3.605 pontos e a algarvia Yolanda Hopkins, 3º classificada no Miss Activo Cup, é agora terceira no ranking nacional com 3.485 pontos. Teresa Bonvalot desceu à quarta posição e Mariana Garcia fecha o top 5 nacional feminino.

O circuito segue agora para Cascais, onde se realiza o Bom Petisco Cascais Pro entre os dias 14 e 16 de Setembro.

Comentários

Deixe uma resposta