A poucos heats do fim do Championship Tour feminino de 2019, a campeã do circuito foi encontrada e o seu nome é Carissa Moore.

O ano começou bem para a havaiana, com uma final contra Caroline Marks na Gold Coast. Depois de fazer 5ºs lugares em Bells e Keramas, Carissa entrou num ritmo que as suas adversárias não conseguiram acompanhar. Tudo começou com um 3º lugar em Margaret River, 2º no Brasil e 1º em Jeffreys Bay. Seguiu-se o 3º luar no Surf Ranch e 1º na prova francesa e o ano parecia estar quase a ser fechado pela então 3x campeã mundial.

Em Portugal Moore parecia estar em vias de garantir mais um título mas as suas adversárias mais próximas, Carolina Marks e Lakey Peterson fizeram a final em Peniche e adiaram a disputa para a última etapa, o lululemon Maui Pro. Aí a disputa foi reduzida a duas surfistas cedo no round 3, quando Lakey Peterson foi eliminada por Tyler Wright, uma surfista que regressou à competição depois de uma pausa de 18 meses e mostrou grande forma.

No último dia de prova Carissa Moore estava numa excelente posição para vencer o título que lhe escapa desde 2015 e foi avançando até às fases finais. Caroline Marks não conseguiu fazer o mesmo, sendo eliminada por Stephanie Gilmore no último heat dos quartos de final, oferecendo a vitória final a Carissa, que celebrou o seu quarto título mundial.

Comentários