O TSB Bank NZ Surf Festival featuring the Dow AgroSciences Pro é talvez a etapa do circuito feminino com menos visibilidade mas, nas contas finais, poderá ser uma etapa com relevância na disputa do título mundial.

Tyler Wright, a número 2 dois do circuito, até pôr os pés na Nova Zelândia não tinha perdido um heat este ano na primeira divisão antes da final. O seu surf de costas para a onda não é tão impressionante com o seu frontside e nesta prova as esquerdas têm tido mais relevância. Mesmo assim Tyler chegou ao round 5 sem grandes problemas, onde esbarrou com a perigosa Lakey Peterson. O circuito pode estar a ser dominado pelas top4 do ano passado, mas surfistas como Lakey têm ameaçado fazer alguns estragos este ano. Desta vez a ameaça passou à realidade e mesmo tendo feito uma onda boa no fim do heat, Wright foi eliminada.

Carissa Moore pensou em “fugir com a liderança” quando viu a sua principal adversária a ser eliminada, mas não conseguiu capitalizar nesta derrota, perdendo nos quartos de final contra Courtney Conlogue por menos de um ponto. Já Stephanie Gilmore e Sally Fitzgibbons avançaram para as meias finais, garantindo mais um resultado sólido. Nenhuma das duas poderá chegar ao primeiro lugar no ranking, mesmo que vença, mas pode ficar bem perto!

Uma das grandes revelações nas esquerdas de Fitzroy Beach foi a havaiana Coco Ho. A filha de Mike e sobrinha de Derek já não vence no circuito desde 2009, quando o Rip Curl Pro Search tinha prova feminina e passou pelo nosso país. Depois disso surgiram mais alguns nomes que a empurraram mais para baixo no ranking e ofuscaram a sua presença, mas Coco está com surf para mudar tudo nesta etapa.

As meias finais TSB Bank NZ Surf Festival featuring the Dow AgroSciences Pro podem começar dentro de poucas horas, acompanha tudo em directo AQUI!

YouTube Preview Image
Comentários

Os comentários estão fechados.