Apesar da previsão de subida da ondulação para o segundo dia de prova, o primeiro arrancou logo cedo com uma pequena maratona de baterias. As ondas rondavam o meio metro nos sets, mas a maior parte das ondas que foram surfadas eram ligeiramente mais pequenas.

Foi um dia que não beneficiava os surfistas “menos leves” e logo no segundo heat do round 1 Francisco Alves, sempre um favorito às fases finais, acabou eliminado por uma diferença de 0.05 para Hugo Cardoso e para Jácome Correia, que surfou bem soltinho. Outra baixa surpreendente foi a de João Guedes, que foi surpreendido por Gonçalo Vieira e Cainã Souza, sendo eliminado a precisar de apenas 3.15 pontos.

Já os candidatos ao título seguiram todos para as fases seguintes. O nervosismo era visível entre os “menos rodados” destas disputas, que receavam perder a oportunidade de disputar o título e o wildcard para a prova do Championship Tour pela falta de ondas mas no final todos os 7 title contenders, João Kopke, Filipe Jervis, Tomás Fernandes, Marlon Lipke, Miguel Blanco, Pedro Henrique e Vasco Ribeiro. Entre eles o destaque vai para Miguel Blanco que se mostrou bem focado e fez a melhor onda do dia e Vasco Ribeiro, que apesar de não ser dos surfistas mais leves do circuito surfou com muita velocidade e projecção.

Na categoria feminina não houve grandes surpresas já que as surfistas mais bem rankeadas dominaram praticamente todos os heats. Entre elas Yolanda Sequeira foi quem conseguiu a melhor média, posicionando-se como série candidata à vitória.

O call para o segundo dia de prova será pelas 8 horas, acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários