O dia 2 do Senegal Pro, prova de 1.500 pontos a contar para o ranking QS da World Surf League, “afunilou” bastante o número de competidores e no fim do mesmo apenas restavam 12 competidores.

Na categoria masculina realizaram-se duas fases, os rounds 2 e 3. Pedro Coelho foi um dos destaques da segunda fase, tendo vencido a sua bateria com notas de 6.25 e 4.75, enquanto que os outros dois portugueses que ainda se encontravam em prova, Diogo Martins e Gonçalo Vieira, foram eliminados. Coelho voltou a dar cartas umas horas mais tarde, passando em segundo lugar, atrás de Tim Bisso, com notas de 6 e 75, garantindo assim uma vaga nos quartos de final man-on-man.

Na categoria feminina Leonor Fragoso e Carol Henrique foram eliminadas no round 2 enquanto que Camilla Kemp, mesmo com um back up fraco, seguiu para a fase seguinte atrás da basca Nadia Erostarbe. Na sua bateria dos quartos de final man-on-man apenas três ondas foram surfadas entre Camilla e a israelita Anat Lelior mas, felizmente, mesmo só tendo surfado uma das ondas, Kemp venceu a disputa graças a uma nota de 6 pontos, garantindo assim uma presença nas meias finais.

Contas feitas a “Armada Lusa”, que no início do dia tinha 6 surfistas em prova, ficou reduzida a apenas dois, Pedro Coelho e Camilla Kemp, ambos com potencial de fazer grandes estragos nas fases finais.

Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Heats com surfistas portugueses
Quartos de final
Heat 3 | Ian Fontaine x Pedro Coelho

Prova feminina
Meias finais
Heat 1 | Camilla Kemp x Nadia Erostarbe

Comentários