Cabeças de série quase intocáveis no Allianz Caparica Pro | Dia 1

publicado há 2 anos por 0

ALLIANZ-CAPARICA-PRO-DIA-1-2015

Duas semanas depois da etapa de abertura da Liga MOCHE começou na Caparica a segunda etapa do circuito. Para aproveitar bem a maré em que as condições estavam melhores, o check in seria às 7:30 da manhã e pouco depois das 8 estava na água o primeiro heat do Allianz Caparica Pro.

As ondas rondavam o meio metro e a total ausência de vento e boa formação dos bancos de areia proporcionaram boas condições para a primeira fase. Os competidores tinha grande parte de duas praias como opção para surfar nesta fase, o que dividiu as atenções do público na praia.

O primeiro grande heat do dia foi o sexto, que defrontava Tiago Pires e Pedro Henrique e ainda Ivan Bailote e Gonçalo Vieira. O caminho de Tiago e Pedro cruzou-se várias vezes no passado, com destaque para a final do mundial júnior da ASP (vencido pelo brasileiro) e uma final de um WQS na Ericeira (vencido pelo português).Esta foi mais uma batalha equilibrada, Henrique surfou nas esquerdas em frente ao pontão onde apanhou ondas rápidas mas com secções boas para o seu estilo de surf e Pires surfou em frente ao palanque, atacando as direitas com manobras poderosas. A liderança alternou entre os dois mas acabou com Pedro Henrique.  Estes dois vão re encontre.se novamente no round 3.

Outro destaque desta fase foi o surfista da Ericeira Tomás Fernandes, que além de ter saído do mundial júnior com um 3º lugar, parece ter ganho muita confiança no seu surf. Foi nas rápidas direitas do meio da praia que surfou, vencendo com boas curvas e finalizações abusadas e acabando com uma das melhores médias do dia.

O round 2 já contou com resultados mais “apertados” mas poucas eliminações surpresa. Gony Zubizarreta e Justin Mujica estavam na primeira bateria e enquanto que o galego surfou de rail para conseguir uma das melhores notas do dia, Mujica surfou com power, voltando a mostrar o tipo de manobras que no passado lhe deram muitas vitórias neste circuito.

Pouco depois o surf progressivo de Pedro Henrique garantia-lhe a melhor média do dia, e Tiago Pires e Vasco Ribeiro defrontavam-se novamente. O último confronto entre os dois foi na final da primeira etapa da Liga, na Ericeira, e mais uma vez o veterano do World Tour acabou na frente. Foi nas direitas em frente ao pontão, que entravam para a Praia do Dragão Vermelho, que os dois disputaram o primeiro lugar taco a taco, deixando os seus adversários a precisar de uma combinação.

Os últimos heats da prova masculina já foram praticamente todos realizados na Praia do Dragão Vermelhor e muitos acabaram com grandes mudanças nas duas vagas qualificatórias no fim das baterias. Ivo Cação e Miguel Mouzinho foram duas vitimas destas últimas ondas dos seus adversários e apesar de terem surfado bem foram eliminados por Marlon Lipke e Zé Ferreira.

Com o fim do segundo round começou a primeira fase feminina e o grande destaque foi Carina Duarte, que fez a melhor onda da fase. Teresa Bonvalot também surfou bem mas passou em segunda atrás de Camila Kemp enquanto que Keshia Eyre e Carol Henrique também de destacaram da média.

E assim terminou o primeiro dia do Allianz Caparica Pro, com ondas um pouco maiores que no início mas bastante mais vento. O call para o próximo dia de prova será novamente às 7:30, acompanha tudo em directo AQUI!

Comentários