Depois de uma loooonga paragem na acção, que durou mais de uma semana o OK Fiji Pro voltou à água. Depois de alguns calls o primeiro heat que foi à água foi um dos mais “normais” do dia. Michel Bourez e Mick Fanning encheram algumas ondas de manobras mas, como tem sido a norma este ano, foi o 3x campeão do mundo que ficou para trás.

Foi logo no heat de John John Florence contra Leonardo Fioravanti que tudo mudou. Até chegar a Fiji, Leo não tinha passado qualquer heat no CT este ano mas parece que “desencantou” nesta etapa. Florence foi quem abriu melhor o heat, com uma nota de 7 pontos mas Fioravanti descobriu as melhores ondas e atacou o lip como poucos neste dia, vencendo a bateria com grande vantagem.

Joan Duru já não parecia um rookie pois surfou o mais soltinho  que o vimos este ano, conseguindo notas de 8.4 e 9.2 para bater Jordy Smith. De seguida Connor O’Leary eliminou Kelly Slater, Parkinson derrotou Flores, Bede Durbidge eliminou Kolohe Andino e Sebastian Zieztz passou Wiggolly Dantas.

Para terminar a fase, e o dia, mais uma surpresa, Stuart Kennedy eliminava mais um surfista de topo, Adriano de Souza, terminando assim uma das maiores “razias” de sempre no top10. No final desta fase apenas 2 surfistas do top10, Matt Wilkinson e Joel Parkinson se encontram em prova, que acrescenta mais competitividade à disputa pelo título mundial.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários

Deixar uma resposta