“Brazilian Storm” dissipa-se no round 1 | J-Bay Open Dia 1

publicado há 2 anos por 0

JBAY-OPEN-DIA-1

O round 1 do J-Bay Open teve condições bastante variadas, começando com boas condições pela manhã e acabando com forte vento on-shore que deteriorou bastante as ondas.

E a grande surpresa do dia foi a prestação dos surfistas brasileiras que, “on paper”, foi a mais fraca dos últimos anos. Nas primeiras etapas do ano, até Fiji, o circuito estava a ser completamente dominado mas a partir desse momento outros surfistas ganharam terreno, apesar de De Souza e Toledo manterem as duas primeiras posições do ranking.

No round 1 em Jeffreys foi um pequeno descalabro já que todos foram parar à fase de repescagem. A surpresa do dia foi CJ Hobgood, que ainda não tinha vencido um heat este ano e bateu Owen Wright e Kai Otton. Foi um heat muito bem gerido por CJ, que fez duas ondas muito boas apenas, uma logo no início e outra muito perto do fim. Outro resultado inesperado foi o do rookie Keanu Asing que parece estar a ganhar embalo no WCT e bateu Joel Parkinson e Gabriel Medina.

Mas houve quem encontrasse todo o seu ritmo, como Kelly Slater, Dane Reynolds, Julian Wilson, Mick Fanning, Fred Patacchia e Bede Durbidge. Pela negativa destacou-se a fraca performance de Jordy Smith que, tendo em conta as suas performances em Ballito e JBay, ainda não está 100% recuperado da sua lesão.

O J-Bay Open deve continuar dentro de horas, acompanha tudo em directo AQUI!

tags:

Comentários