Bonvalot vence categoria feminina | Disputa pelo título masculino continua | Dia 1

publicado há 1 ano por 0

MONTEPIO-CASCAIS-PRO-DIA-1

Com o título feminino já decidido há meses, todas as atenções estavam viradas para a disputa pelo título masculino, que tudo indica que vai durar até ao fim da prova.

Mas, durante cerca de metade do heat 11, que defrontava Tiago Pires, João Kopke, Ivan Bailote e André Faria, o nosso veterano do CT parecia estar um pouco perdido no agueiro, chegando a estar em 3º lugar durante algum tempo. Até que desistiu do pico onde estava e juntou-se aos seus adversário, dominando o heat com facilidade, apesar de João Kopke ter ficado muito perto. O único resultado que Saca procura é o 1º lugar, já que qualquer outra posição não lhe garante o título e mesmo esse resultado poderá não chegar.

Por sua vez Frederico Morais, o líder do circuito, tinha surfado umas horas antes e estava simplesmente “irado”. Numa das melhores direitas que entraram “Kikas” tratou de dar várias batidas, duas delas a soltar o tail, e ainda um grande carve e uma finalização forte para conseguir a nota do dia, um 9.25.

No heat anterior tinha sido a vez de Vasco Ribeiro, que incaracteristicamente está fora desta disputa, de mostrar que é um fortíssimo candidato à vitória nesta etapa, surfando com muita velocidade e power de backside para conseguir as notas de 8 e 7.50.

Uma nota muito positiva desde dia de prova vai para a mais nova geração, que marcou presença nesta prova. Joaquim “Quim Jó” Chaves, João Vidal, Guilherme Fonseca e Afonso Antunes participaram nesta primeira fase do Montepio Cascais Pro e apesar de não terem avançado mostraram bom surf, com destaque especial para Afonso, que realmente ameaçou avançar. Apesar de terem perdido é garantido que estes surfistas irão um dia dominar este circuito.

A nota negativa para a surpreendente eliminação de Pedro Henrique, para Marlon Lipke e Justin Mujica e ainda dos wildcards, os manos Champalimaud, que já foram destaques neste circuito mas não conseguiram fazer o seu melhor surf nas difíceis condições de maré em que surfaram.

Antes e depois deste primeiro round realizou-se a prova feminina, para “liberar” algumas competidoras dessa categoria para irem à Califórnia representar a selecção no mundial júnior. À final chegaram as “crónicas” finalistas, Ana Sarmento, Camila Kemp, Carina Duarte e Teresa Bonvalot. Foi um heat com muitas ondas surfadas mas as últimas duas fizeram a diferença para que Teresa vencesse pela quarta vez este ano, sendo seguida por Camila (2º), Carina (3º) e Sarmento (4º).

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários