Blanco junta-se a Ribeiro e Fernandes no round 3

publicado há 3 anos por 0

BLANCO-ELIMINA-KOPKE-NO-ROUND-2-ALLIANZ-WJC

Mais um dia em Ribeira D’Ilhas, mais uma pequena maratona de baterias em ondas perfeitas. As condições estavam, pelo terceiro dia consecutivo, muito boas apesar das ondas estarem um pouco mais pequenas e com um pouco mais de vento.

Com os portugueses todos já despachados o round 1 acabou sem grandes surpresas, excepto no último heat em que o australiano Jacob Wilcox, um dos favoritos à vitória final, caiu para a repescagem.

No round 2 a grande surpresa foi a qualificação para a fase seguinte do inglês Luke Dillon. Este surfista fez um pequeno “milagre” na última etapa e qualificou-se para esta finalíssima. Pela frente Luke tinha um campeão mundial júnior da ISA, Matheus Navarro, que já corre o WQS e que tinha potencial de tirar um grande resultado em Ribeira. Mas Luke teve uma escolha impecável e encaixou grandes rasgadas, apesar de não ter feito nada muito dinâmico, e eliminou o brasileiro.

No heat 11 aconteceu o primeiro confronto luso do evento, Miguel Blanco contra João Kopke. O backside de Kopke é sempre uma “arma” a recear, mas Blanco está numa fase excelente e surfou muito bem logo desde o início do heat. Com algumas rasgadas fortes Miguel conseguiu a nota de 7 pontos e logo depois um bom back up de 5 pontos. João precisava de 9 pontos para virar a bateira mas mesmo com duas manobras fortes de backside, uma batida e um snap, não melhorou muito a sua situação. Logo de seguida Blanco apanhou uma onda do set e surfou bem, conseguindo 8 pontos e deixando Kopke em combinação.

Com o resultado Miguel Blanco junta-se e Vasco Ribeiro e Tomás Fernandes, no round 3, todos surfistas com potencial de chegar às fases finais. Acompanha os portugueses no próximo dia de prova em directo AQUI!

Comentários