Azores Airlines Pro segue sem portugueses na categoria masculina | Dia 3

publicado há 9 meses por 0

frederico-morais-termina-em-17-lugar

As ondas acertaram bastante para o dia 3 do Azores Airlines Pro presented by Sumol, e o nível de surf disparou.

Ainda em prova estava Frederico Morais, o último resistente luso da categoria masculina, que competia contra o havaiano Ezekiel Lau e os brasileiros Matheus Navarro e Victor Bernardo no heat 9 do round de 4. Lau foi o destaque do heat, vencendo graças a uma nota excelente conseguida numa das melhores onda que entraram. Morais esteve um pouco apagado, enquanto que Victor ia fazendo notas médias e assim ocupando a segunda posição. Tudo mudou quando Frederico fez uma onda de 7.17, para juntar ao seu back up de 4 pontos, passando assim para segundo lugar e avançando para a fase seguinte.

O campeonato continuou a avançar e Frederico no round 4 tinha pela frente dois adversários que conhece bem. Marc Lacomare e Ramzi Boukhiam competem com o português desde o tempo do circuito Pro Junior Europeu e o facto de serem da mesma equipa e terem o mesmo treinador deixou Frederico numa posição complicada. Ramzi tem estado em grande forma e foi o primeiro a garantir duas notas sólidas, o que o elevou à primeira posição cedo no heat. Depois foi Marc que apanhou uma direita com duas secções bem verticais e pesadas e duas “biscas” mais tarde tinha uma nota de 9.33 a contar e liderava o heat. “Kikas” respondeu como pôde, tendo conseguido ainda uma nota de 6.33 graças a um aéreo reverse bastante arriscado. Mas foi pouco, e tarde, pois apesar de ter tentado dar a volta ao resultado até ao fim o que é certo é que os franceses estavam em controlo da bateria e avançaram. Mesmo assim Frederico igualou o resultado de Miguel Blanco em Pantin, conseguindo 1.050 pontos, algo que não ajuda para a qualificação para o CT mas que o mantém no top50 do ranking.

Outros destaques desta fase vão para Maxime Huscenot, Leonardo Fioravanti e Lucas Silveira, que surfaram acima da média neste round de 24. Apesar desta “razia” total na categoria masculina, na feminina ainda estão em prova 4 surfistas portuguesas que podem “dar cartas” neste evento!

Acompanha o próximo dia em directo AQUI!

Round de 32
Heat 1 | Pauline Ado x Tania Oliveira x Brisa Hennessy x Lorena Fica
Heat 3 | Tessa Thyssen x Camilla Kemp x Marion Philippe x Denver Young
Heat 6 | Teresa BonvalotCarol Henrique x Leilani McGonagle x Ainara Aymat

 

Comentários