Australian Open segue sem portugueses…

publicado há 11 meses por 0

AUSTRALIAN-OPEN-OF-SURFING-DIA-5-2016

O dia 5 do Australian Open of Surfing e Aussie Bodies Women’s Pro tinha tudo para ser um bom dia de competição mas os portugueses, mas não foi isso que aconteceu.

As ondas estavam com cerca de um metro e a formação não era muito boa mas havia oportunidades de pontuar. Pedro Henrique foi o primeiro entre os lusos a competir e muito rapidamente fez duas boas direitas que lhe deram a liderança. Na sua última onda Pedrinho até conseguiu melhorar a sua posição mas todos os outros surfistas do heat também tinham notas sólidas. Ramzi Boukhiam passou para a frente quase em cima do toque, com uma longa direita. De seguida veio o tahitiano Mihimana Braye que precisava de uma nota alta mas com dois batidões impressionantes em cima do toque conseguiu 8 pontos e a vitória, empurrando Ramzi para 2º, Pedro Henrique para 3º e Hizunome Bettero para 4º.

A derrota de Frederico Morais, dois heats mais tarde, foi quase idêntica. Morais começou forte com duas esquerdas muito bem surfadas com várias batidas e snaps fortes. A longo da bateria foi sempre melhorando mas o brasileiro-basco, Vicente Romero, acertou um pequeno “milagre”, um aéreo reverse meio invertido que lhe deu a nota de 8.77. Perto do fim Romero descobriu uma das mais longas ondas do dia e transformou-a no score que precisava para roubar a liderança, enquanto que “Kikas” caiu para segundo lugar. Entretanto Kiron Jabour já tinha uma nota boa e na sua última fez um 7.93, o que acabou por garantir o 2º lugar por muito pouco. A grande diferença entre os heats dos dois portugueses é que Morais ainda ficou com algum tempo para virar o heat mas foi perseguido por Kiron quase até ao fim. Nos últimos segundos Frederico ainda se soltou do seu “babysitter” mas a onda que apanhou não tinha qualquer potencial e assim caiu mais um surfista nacional.

A prova seguiu com a categoria feminina onde ainda se encontrava em prova Teresa Bonvalot. Infelizmente não foi um bom heat para a júnior portuguesa que não conseguiu fazer notas sólidas e acabou eliminada juntamente com a top do Championship Tour, Johanne Defay.

Acompanha a evolução do Australian Open of Surfing e Aussie Bodies Women’s Pro em directo AQUI!

Comentários