Como já era esperado o dia começou cedo para o arranque do Maui and Sons Arica Pro Tour. As ondas rondavam o metro e meio, com alguns tubos mas picos muito incertos, o que fez com que quase todos os heats tivessem médias muito baixas.

O único destaque do round 1 foi o vencedor da prova do Big Wave Tour da WSL na Nazaré, Lucas Chianca, que mostrou, mais uma vez, que também é muito bom em ondas pequenas. “Chumbinho” arrancou notas de 8 e 7.33 pontos aos júris, notas essas que isoladas seriam suficientes para vencer a maior parte dos heats neste primeiro dia.

Miguel Blanco seria o único português a competir neste dia, na 3ª bateria do round 2. O surfista da Linha do Estoril abriu com uma onda boa, para os parâmetros deste dia, recebendo uma nota de 3.5 que lhe deu a liderança durante bastante tempo. Infelizmente para ele a partir daí só conseguiu apanhar close outs, e no fim caiu para 3º lugar a precisar de uma nota miserável de 1.34. A sua situação não mudou o que permitiu que Kael Walsh e Takuta Ohta seguissem em frente.

As difíceis condições que se encontravam nesta bateria foram decisivas para dar por terminado este dia de prova, deixando os outros dois lusos presentes em Arica, Luís Perloiro e Nicolau Von Rupp a aguardar pelo próximo dia de prova para se estrearem.

Acompanha a evolução desta prova em directo AQUI!

Heats com portugueses
Round 2
Heat 16 | Weslley Leite x Luis Perloiro x Leonardo Barcelos x Jacob Araya
Round 3
Heat 1 | Noe Mar McGonagle x Nicolau Von Rupp x Ryland Rubens x Pedro Neves

Comentários