O basco já esteve no CT pelo que a onda de Teahupoo já não lhe era estranha. E mesmo que não tivesse estado, provavelmente as incontáveis horas que tem numa das melhores esquerdas tubulares do mundo mesmo à porta de sua casa, a infâme Mundaka, ajudariam a dominar os canudos perfeitos e perigosos da bancada tahitiana.

Os trials para o Billabong Pro Tahiti são muito provavelmente a competição que qualquer surfista deseja entrar. Que o diga Nicolau Von Rupp que por dois anos competiu nestes mas que infelizmente não conseguiu vencer para ter o tão desejado acesso ao main event. Infelizmente este ano o português não esteve presente nas lista dos 16 surfistas internacionais que batalharam com mais 16 surfistas locais pela vitória.

Nomes como Ryan Callinan, Jack Robinson ou Seth Moniz eram alguns dos gigantes que compunham a lista internacional, e Hira Teriinatoofa e Heiarii Williamns alguns dos nomes sonantes da lista local mas nenhum outro nome sobressaiu mais no final do dia que o de Artiz Aranburu. Mas houve um que esteve perto, muito perto. O de outro ex-surfista do CT, Nathan Hedge.

O derradeiro heat foi intenso e muito renhido, como mostra a média final, 13.33 vs 13.43, mas foi mesmo Aritz quem conseguiu por 10 décimas o desejado lugar na elite do surf mundial, e onde está, como todos sabemos, Frederico Morais!

Com o vencedor dos trials encontrado fica assim completo o round 1 do Billabong Pro Tahiti que começa já no dia 11 de Agosto. Morais vai no heat 12 frente a Michel Bourez e Ian Gouveia. Podes e deves assitir ao evento AQUI!

Heats do round 1
Heat 1: Joel Parkinson, Jeremy Flores, Jadson Andre
Heat 2: Adriano de Souza, Bede Durbidge, Nat Young
Heat 3: Owen Wright, Ítalo Ferreira, Josh Kerr
Heat 4: Jordy Smith, Joana Duru, Ethan Ewing
Heat 5: John John Florence, Ezekiel Lau, Aritz Aranbur
Heat 6: Matt Wilkinson, Wiggolly Dantas, Taumata Puhetini
Heat 7: Filipe Toledo, Adrian Buchan, Miguel Pupo
Heat 8: Julian Wilson, Conner Coffin, Kanoa Igarashi
Heat 9: Gabriel Medina, Caio Ibelli, Stuart Kennedy
Heat 10: Connor O’Leary, Sebastian Zietz, Leonardo Fioravanti
Heat 11: Mick Fanning, Kolohe Andino, Jack Freestone
Heat 12: Frederico Morais, Michel Bourez, Ian Gouveia

 

Comentários

Deixe uma resposta