Entramos agora nos eleitos da categoria Free Surfers para o MOCHE Capítulo Perfeito presented by Rip Curl, depois dos Soul Surferes. E o primeiro Free Surfer eleito pelo público foi um surfista algarvio, o grande Alex Botelho!

E, para quem não sabe, Alex Botelho é grande em dois sentidos: na sua estatura e no seu surf. E o que poderá ser surpreendente para alguns é que nos últimos anos este que é um dos melhores surfistas que o Algarve já produziu começou a dominar o surf progressivo como qualquer um, algo que parecia difícil devido à sua estatura herculiana.

Alex sempre foi conhecido pelo seu tenebroso power, e era esse que aplicava nos seus primeiros anos quando competia ou fazia surf trips para reportagens na ONFIRE (entre outros media). Mas Alex é um surfista que sabe a importância de acompanhar a evolução do surf, e não só no que a tipo de surf diz respeito.

No capítulo da evolução do surf enquanto surf, Alex não só adicionou o surf dos aéreos e rotações, como já dissemos, como adicionou ainda um “item” mais raro e difícil de adquirir para muitos, surfar ondas grandes! Alex Botelho é, a par com João Macedo, o surfista que anda a desbrava as montanhas de Maverick’s, e as suas performances nessa onda já lhe valeram várias fotos não só nos meios nacionais como em meios internacionais (web). Mais importante é que Alex não faz surf em Mavericks há muito tempo (dois anos) mas faz questão de voltar a este importante pico de ondas grandes todos os anos.

Alex apercebeu-se também da importância que é um surfista produzir clips de surf (de qualidade), e foi o que começou a fazer. As suas produções, além de excelente surf, têm sempre uma história bastante engraçada por trás. Um grande exemplo, e que podes ver aqui, é o vídeo “Chase of the Kakerleis”…

Todo este trabalho, sempre e obrigatoriamente acompanhado com o trabalho que faz com fotógrafos para aparecer nas revistas da especialidade (é quase rara a ONFIRE onde Alex Botelho não aparece, como podes ver na edição de luxo de celebração dos 10 anos da ONFIRE onde Alex aparece a dar um tubo incrível numa onda mutante algures no norte de Espanha), que ajudou muito provavelmente a que Alex fosse o primeiro escolhido pelo público na categoria “Free Surfers”.

Aqui fica a sua mini-entrevista sobre o MOCHE Capítulo Perfeito presented by Rip Curl.

O que significa para ti ser eleito para o Moche Capítulo Perfeito? Estou grato por ter sido considerado pela organização, e por ter sido votado pelo público. E estou muito contente de ter a oportunidade de participar num evento que está dedicado a ondas boas.

O que pensas deste tipo de formato? É mesmo porreiro criaram um campeonato com um formato dedicado às melhores condições possíveis. Nem sempre é possível fazer campeonatos assim, devido à janela de tempo necessária. Mas um evento com este formato é muito mais complementar ao surf, do que somente focado na competição, é focado nas melhores condições possíveis, além de se tornar mais ansiado pelos surfistas e mais divertido.

Fizeste algum tipo de campanha? Publiquei uma vez no Facebook no primeiro dia em que saiu, e tive a ajuda de amigos e da minha namorada.

Quem foi, para ti, a maior surpresa na lista final dos surfistas eleitos? Foi o Manuel Cotta, no qual eu votei.

Achas que há algum nome que deveria ser obrigatório estar presente e não está? Tenho pena que nomes como o Tiago Oliveira e o Miguel Fortes não tenham sido selecionados.

O segundo eleito na categoria de Free Surfers para o MOCHE Capítulo Perfeito foi aquele de quem Alex Botelho se tornou companheiro de ondas em Mavericks, e daquele que é sem dúvida nenhuma o maior big rider do surf português, João Macedo! Não percas a sua mini-entrevista aqui no site da ONFIRE (amanhã).

YouTube Preview Image

 

Comentários

Os comentários estão fechados.