Adriano vence em Margaret River e dispara no ranking

publicado há 2 anos por 0

ADRIANO-DE-SOUZA-VENCE-DRUG-AWARE-MARGARET-RIVER-PRO

A três heats de acabar o Drug Aware Margaret River Pro muito podia ainda acontecer e a escolha de localização seria determinante no resultado final. Isto porque se estimava que o único havaiano ainda em prova, John John Florence, fosse imbatível caso a prova terminasse no slab de The Box.

Mesmo tendo acabado no pico principal de Margaret, John John mantinha-se como favorito enquanto que Adriano de Souza era estatisticamente quem tinha menos probabilidades de vencer. Mas a força de vontade e atitude do brasileiro superou tudo, começando por eliminar o local Taj Burrow enquanto que Florence bateu o norte-americano Nat Young nas meias-finais.

As manobras que os finalistas estavam a fazer, em direitas de dois metros e meio, eram bastante semelhantes mas o estilo e maneira de surfar destes dois surfistas não podia ser mais inverso. Adriano rasgava as paredes com tudo o que tinha, comprometendo um pouco a linha de surf mas compensando com a água que estava a projectar. Já Florence respondia também com grandes carves mas com muito mais “graça” e estilo que qualquer outro surfista no planeta. As suas combinações de dois ou três carves e uma finalização forte garantiam mais pontos que as de Adriano, mas faltaram as finalizações. Entre 2 ou 3 ondas boas que apanhou apenas conseguiu fazer uma sem cair, e recebeu 9 pontos. De Souza contava com 8.93 e 8.60, obrigado o havaiano a fazer mais uma onda excelente, o que não aconteceu e Adriano venceu.

O ano de Adriano tinha começado com uma meia final na Gold Coast e a partir daí foi sempre a subir, com um segundo lugar em Bells e a vitória em Margaret. Este seu momento lembra o pico de forma de John John na segunda metade do ano passado, que o colocou de volta na disputa pelo título mundial. Adriano foi o primeiro surfista brasileiro a liderar o circuito mundial mas desta vez parece estar mais preparado para disputar o título. A sua vantagem para o segundo classificado, Mick Fanning, é de mais de 7.000 pontos e apesar do ano ainda estar a começar é bem possível que consiga o seu primeiro título mundial em 2015.

A próxima etapa é o Oi Rio Pro, uma etapa que já venceu e onde o seu surf sobressai! E agora, quem pára Adriano de Souza?

Comentários