O dia 2 do Vissla ISA World Junior Surfing Championship foi mais uma “maratona” de heats e os membros da selecção portuguesa obtiveram resultados diferentes.

João Moreira era o único surfista português nos sub18 que ainda não se tinha estreado e começou bem a sua prestação no Japão, com um sólido segundo lugar atrás de Levi Slawson. Afonso Antunes encontrava-se na mesma situação mas nos sub16 e tratou de fazer uma das melhores médias do dia. Antunes fez notas de 8 e 9.33 para deixar o segundo classificado, Nick Marshall em combinação.

 

João Moreira passou a primeira fase com facilidade.

João Moreira passou a primeira fase com facilidade.

 

De volta aos sub18, round 2, Francisco Almeida garantiu a sua segunda vitória nesta prova, batendo o francês Thomas Debierre (2º classificado) com notas de 7.33 e 7.77.

Infelizmente, pouco depois, a nossa selecção perdia mais um surfista para a repescagem, Tomás Ribeiro. O surfista da Caparica simplesmente não encontrou as ondas que precisavam e começou a ficar para trás, acabando a precisar de uma nota excelente para passar para o segundo lugar.

 

Afonso Antunes foi um dos grandes destaques do round 1.

Afonso Antunes foi um dos grandes destaques do round 1.

 

Gonçalo Vieira fez poucas ondas no seu heat mas pontuou bem, passando em segundo ligar atrás de Kehu Butler, da Nova Zelândia, com notas de 5.67 e 6.4.

O round 2 de sub16 teve mais uma derrota. João Vidal surfou bem mas acabou por ser relegado para a repescagem por uma diferença de menos de meio ponto para o segundo classificado, Isauro Elizondo, do Panamá. Já Joaquim Chaves escapou à repescagem num heat muito apertado vencido pelo nipónico Riaru Ito, passando em segundo lugar para a fase seguinte.

 

Matilde Passarinho seguiu para o round 2 da categoria feminina.

Matilde Passarinho seguiu para o round 2 da categoria feminina.

 

Nas categorias femininas as surfistas lusas tiveram prestações muito semelhantes. Matilde Passarinho e Camila Costa passaram em segundo lugar os seus heats do round 1 de sub18, enquanto que Mafalda Lopes e Francisca Veselko fizeram o mesmo nos sub16. A nível de equipas mantem-se tudo em aberto uma vez que ainda não há eliminações da parte de qualquer selecção.

O Vissla ISA World Junior Surfing Championship regressa dentro de horas. Acompanha a evolução desta prova AQUI!

Comentários