6 destaques do round 1 do Quiksilver Pro Gold Coast

publicado há 1 ano por 0

6-DESTAQUES-DO-ROUND-1-DO-QUIKSILVER-GOLD-COAST-2016-

Foi no segundo dia do período de espera do Quiksilver Pro Gold Coast que o Championship Tour de 2016 arrancou. A maré cheia obrigou a algumas horas de espera mas no início da tarde (madrugada de Portugal) o primeiro heat entrou na água.

Podes rever todas as ondas de todos os heats no Heat Analyser AQUI mas os destaques deste dia, segundo a ONFIRE, foram os seguintes:

1 – Ítalo Ferreira não perdeu o “andamento” que lhe garantiu uma posição no top10 no seu ano de rookie. O brasileiro que, estava no primeiro heat do dia, fez a primeira onda do Championship Tour deste ano e não olhou mais para trás. Ryan Callinan ainda lhe deu algum trabalho, mas não conseguiu parar a máquina brasileira. Se continuar assim Ferreira poderá até, quem sabe, ser um “dark horse” na disputa pelo título.

2 – Taj Burrow comemorou 20 anos neste dia de prova. E não estamos a falar de 20 anos de idade, que não seriam suficientes para ser o surfista mais novo do tour na actualidade. Taj fez 20 anos CONSECUTIVOS a competir neste evento, um marco que mais nenhum surfista no tour tem. No seu primeiro ano no CT Slater apenas tinha 4 títulos mundiais (5 no fim desse ano), Joel Parkinson e Mick Fanning ainda era considerados “groms” e Gabriel Medina tinha deixado de usar fraldas há pouco tempo. O seu continua “on point” e venceu o seu heat com facilidade sobre Josh Kerr e Kanoa Igarashi (18 anos), mas o título mundial parece ter-lhe passado ao lado.

3 – Os rookies falharam! O circuito de 2016 tem uma das “turmas” de rookies mais fortes dos últimos anos e, apesar de todos terem mostrado bom surf, nenhum venceu no round 1. E quem diz rookies, diz “replacement” surfers e vencedor dos trials. Tanto Sebastian Zietz como Wade Carmichael fizeram bom surf mas foram surpreendidos pelos campeões mundiais Medina e Fanning. A excepção foi Mikey Wright mas, apesar de ter feito bom surf, contou com uma performance abaixo do esperado do campeão mundial em título, e várias erros de Kolohe Andino, que abriu o heat com a melhor onda do dia até aí (9.1) e não conseguiu fazer um back up em condições.

4 – Filipe Toledo venceu, mas não convenceu (muito). O vencedor desta prova em 2015 fez uma média alta e bateu com alguma facilidade Jadson André e Stu Kennedy. Mas algo não estava como no ano passado. A sua prancha não parecia “uma continuação do seu ser” como antes e o seu surf não foi tão impressionante. Tudo pode mudar no próximo round mas o seu primeiro heat não foi de candidato à vitória.

5 – Gabriel Medina está (definitivamente) de volta. No ano passado o primeiro brasileiro a sagrar-se campeão do Championship Tour da WSL começou mal o ano, com um resultado fraco na Gold Coast. Mas em 2016 Medina está novamente na forma que vimos no fim do ano passado. Que o diga Sebastian Zietz que tinha virado o heat com uma onda excelente a poucos minutos do fim do heat 4, apenas para ver este goofy a virar novamente na última onda.

6 – Jadson André junta-se ao clube. Infelizmente não é um clube bom, é do dos surfistas sem main sponsor. Durante mais de uma década a Oakley foi o seu patrocinador principal mas agora deixou de ocupar o bico da sua prancha para passar para uma posição bastante mais abaixo. Não é o primeiro surfista do tour a deixar de ter o seu “O” no bico já que Adriano de Souza, Adam Melling e mesmo Ítalo Ferreira vestiam a marca “dos pés à cabeça” também tiveram destinos semelhantes nos últimos 2/3 anos. Isso poderá dar-lhe ainda mais garra, mas a sua vida acabou de ficar mais complicada.

Acompanha o próximo dia de prova em directo AQUI!

Heats do round 2
Heat 1: Adriano de Souza (BRA) vs. Wade Carmichael (AUS)
Heat 2: Julian Wilson (AUS) vs. Sebastian Zietz (HAW)
Heat 3: Kelly Slater (USA) vs. Stuart Kennedy (AUS)
Heat 4: Josh Kerr (AUS) vs. Adam Melling (AUS)
Heat 5: Jordy Smith (ZAF) vs. Ryan Callinan (AUS)
Heat 6: John John Florence (HAW) vs. Davey Cathels (AUS)
Heat 7: Kai Otton (AUS) vs. Conner Coffin (USA)
Heat 8: Adrian Buchan (AUS) vs. Alex Ribeiro (BRA)
Heat 9: Keanu Asing (HAW) vs. Kanoa Igarashi (USA)
Heat 10: Jadson Andre (BRA) vs. Miguel Pupo (BRA)
Heat 11: Caio Ibelli (BRA) vs. Jack Freestone (AUS)
Heat 12: Matt Banting (AUS) vs. Kolohe Andino (USA)

Comentários