4 portugueses disputam título mundial no Ericeira World Junior Championships

publicado há 1 ano por 0

world-juniors-2016

Falta pouco mais que uma semana para o início de uma das mais importantes etapas do ano, o Ericeira World Junior Championships 2016. Em seguimento do evento de 2014, que coroou Vasco Ribeiro e Mahina Maeda como campeões mundiais júnior de 2014, este campeonato irá decidir mais dois campeões. O nosso país terá menos representantes nesta edição, passando de seis surfistas no ano passado para apenas quatro, Teresa Bonvalot (5º classificada em 2014), Tomás Fernandes (3º classificado em 2014), Camilla Kemp e Carol Henriques. Também Miguel Blanco (17º classificado em 2014) poderá eventualmente conseguir uma vaga já que é o 1º alternate na prova masculina. O Ericeira World Junior Championships 2016 realiza-se entre 4 e 13 de Janeiro, na Ericeira.

Press release:

Depois da icónica praia de Ribeira d’Ilhas, na Ericeira, ter recebido em, 2014, os melhores surfistas juniores do mundo, coroando o português Vasco Ribeiro e a havaiana Mahina Maeda como campeões mundiais no evento Allianz World Junior Championships, a reconhecida “Reserva Mundial de Surf”, considerada por surfistas profissionais como um dos locais para altas performances, volta a ser epicentro do surf mundial na categoria dos sub-21, dando as boas-vindas a 2016. O palco central já está a ser montado em Ribeira d´Ilhas, mas as praias do Sul e dos Pescadores serão locais de back-up, caso as condições ditem a necessidade de mover a prova.

“A qualidade do surf na Ericeira é indiscutível e sempre o foi. Queríamos muito trazer uma prova para aqui não só porque sabíamos que iria ser um sucesso, mas também porque uma das características da nossa costa, que defendemos regularmente, é a diversidade das ondas. Esta é mais uma oportunidade de termos surfistas de elite a desfrutarem da nossa costa, mantendo os aspetos pitorescos e tradicionais que caracterizam Portugal e que podemos encontrar na vila da Ericeira. No ano passado, o evento não podia ter acabado melhor, inclusivamente o campeão que coroámos era nosso, português, o Vasco Ribeiro. Para este ano, as expectativas são boas e temos o Tomás Fernandes pronto para enfrentar esta luta pelo título”, afirma Francisco Spínola, representante da WSL em Portugal.

“Este evento internacional constitui, para a Ericeira, mais uma oportunidade estratégica para dar visibilidade às condições naturais únicas para a prática do surf e à vocação sociocultural do seu território, mas também à qualidade das infraestruturas construídas para acolher a realização de grandes competições desportivas. Nesta medida, é num misto de orgulho e de satisfação que a primeira Reserva Mundial de Surf da Europa, celebrando as suas sete singulares ondas, dá as boas-vindas aos melhores atletas juniores do mundo!”, declara o Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Hélder Sousa Silva.

Em prova estarão as surfistas portuguesas Teresa Bonvalot que garantiu a sua entrada direta e, também, Camilla Kemp e Carol Henriques, que receberam o convite para entrar na competição. O já conhecido local da Ericeira, Tomás Fernandes, recebeu o wild-card e será o único surfista masculino português em prova. De salientar que no ano passado Tomás chegou às meias-finais, conseguindo assim um terceiro lugar no evento, deixando para trás o australiano Jacob Wilcox, vencedor dos trials 2013 em Peniche.

Este ano, o Ericeira World Junior Championships conta com a participação de surfistas internacionais como Kanoa Igarashi, Leonardo Fioravanti e Hiroto Ohara.

Além de coroação do campeão mundial Júnior 2015 da WSL, esta é uma oportunidade única para os vencedores garantirem, através de wild-card, presença nos maiores eventos de qualificação do ano seguinte.

O evento conta com o apoio da Câmara Municipal de Mafra, Turismo de Portugal, Billabong, Moche, Hertz e Fonte Viva.

Comentários