Quando a 3ª fase do Quiksilver Open terminou, a prova passou para a versão feminina desta etapa QS 1.000, o Roxy Pro.

Na água esteve o round 1, que não tinha representantes portuguesas, e quatro heats do round 2, onde já se encontrava a recém sagrada campeã nacional de 2019, Yolanda Hopkins. A algarvia tinha 3 surfistas inglesas como adversárias e não deu qualquer hipótese, abrindo a prova com uma onda de 8.17. O seu back up foi uma onda de 5.67 e mesmo uma das notas que descartou foi superior a qualquer uma que as restantes competidoras da bateria conseguiram fazer, garantindo assim uma vitória muito destacada.

O resto do round 2 acabou no dia 2 e a outra surfista lusa em prova, Francisca Veselko, venceu também com grande facilidade. Com notas de 6.67 e 4.63, “Kika” fez a 3ª melhor média do dia, 11.30 pontos, atrás apenas de Yolanda (13.84 pontos) e Juliette Lacome (11.50), provando que as portuguesas desta prova têm potencial de fazer grandes estragos em Fistral Beach.

Com o fim do round 2 este festival de surf passou para as categorias de longboard, que não têm portugueses, e um novo call, tanto para a categoria masculina como feminina, ficou marcado para as 9:30 de amanhã.

Acompanha a evolução desta etapa em directo AQUI!

Heats com surfistas portugueses
Round 4
Heat 3 | Dorian Gomez x Dylan Groen x Pedro Coelho x Noah Capps
Heat 4 | Logan Nicol x Eduardo Fernandes x Jay Quinn x Daiki Tanaka
Heat 5 | Justin Becret x Pedro Henrique x Dale Foster x Kaiki Yamanaka

Prova feminina
Round 3
Heat 2 | Juliette Lacome x Giada Legati x Yolanda Hopkins x Alys Barton
Heat 4 | Francisca VeselkoRachel Presti x Piper Harrison x Peony Knight

Comentários