100% de sucesso (novamente) em Haleiwa

publicado há 3 anos por 0

reef-hawaiian-pro-dia-2-2014

Desde o momento, em 1999, em que Tiago Pires tirou o seu grande resultado no Havai, um 2º lugar no WQS de Sunset, que o nosso país tem sido referenciado como um local perfeito para treinar para a temporada havaiana. Mas faltavam mais surfistas para confirmar esta “visão”. Depois de muitos anos e muitas barreiras quebradas pelo “portuguese tiger”, Frederico Morais também se destacou, em 2013, e em 2014 os dois e os seus “colegas” estão a provar que os portugueses poderão mesmo ser uma força a ter em conta no Havai. Não pela quantidade, apenas 5 surfistas estão a disputar a Vans Triple Crown, mas sim pela qualidade já que todos os 4 que competiram no segundo dia de prova mostraram EXCELENTE nível de surf.

1ze

Zé Ferreira foi o primeiro, ainda no seu heat do round 1 contra três nomes bastante “temíveis”, Marc Lacomare, Isaiah Moniz e Evan Geiselman. Ferreira abriu a sua “contagem” com uma onda sólida onde deu um fortíssimo carve sem quebrar a linha de rail seguido imediatamente de uma batida fortíssima no lip para receber 7.67. Com ondas mais pequenas e mais clean que no dia anterior, apesar de passar regularmente os 2 metros, Zé não teve grandes dificuldades em encontrar um backup e com algumas rasgadas numa longa onda conseguiu a nota de 6.77 e a liderança quase até ao fim do heat. Nos minutos finais o francês Lacomare, que tinha feito o melhor surf do heat até aqui, atacou uma onda com potentes snaps de backside e acabou na frente, com Zé Ferreira num 2º lugar muito próximo.

1nic

Seguiu-se Nicolau Von Rupp, no primeiro heat do round 2 contra Heitor Alves, Joel Centeio e Gavin Gillete. Foi uma bateria de notas altas em que todos os competidores fizeram notas de 7 pontos ou acima. Nic não apanhou muitas ondas e apesar de ter marcado uma onda de 7.5 cedo no heat, parecia fora da disputa. Mas no minuto final apanhou a onda por que tanto esperou, encheu-a de fortes rasgadas de backside e terminou com um forte reentry e um grande e justo “claim” para receber a nota de 9.5. A sua liderança foi apenas temporária já que o “rei de Haleiwa”, Centeio, terminou também com uma onda excelente e acabou na frente, com Von Rupp num 2º lugar bastante sólido.

1vasco

Vasco Ribeiro competiu algumas horas mais tarde já com o mar mais mexido e ligeiramente maior. A sua primeira onda foi impressionante, com dois snaps com muito power bem no outside, uma batida a projectar água para o ar no inside e um floater também a soltar muita água no fim para receber a nota de 9.33. Pouco depois, numa onda ligeiramente mais pequena mas com muita parede, voltou a “largar baldes de água” nas suas manobras e ficou com um bom backup e a qualificação praticamente garantida. No fim Torrey Meister ainda lhe conseguiu roubar a primeira posição com duas ondas muito fortes mas ninguém lhe tiraria a qualificação para o round seguinte.

1kikas

Para terminar o dia Frederico Morais não quis ficar atrás do seu grande amigo e rival. Os seus belíssimos “arcos” e batidas no lip garantiram-lhe duas notas boas apesar de nem ter mostrado o seu melhor surf. Patrick Gudauskas foi um pouco mais consistente e acabou no primeiro lugar, mas a armada lusa continuou intacta para o round 3. Foi sem dúvida um grande dia de surf para os portugueses no Havai que mostraram potencial de chegar muito longe nesta prova!

Acompanha o resto da prova em directo AQUI!

Comentários